quinta-feira, 27 de março de 2014

Dia Mundial do Teatro

Hoje comemora-se o Dia Mundial do Teatro.
Felizmente, a nossa escola tem esta atividade desde há alguns anos, com grande sucesso.
 
O teatro, para lá da parte lúdica, tem um aspeto terapêutico muito importante, na ajuda da gestão dos sentimentos (timidez, ousadia) e no desenvolvimento do espírito de equipa, para lá da encenação, distribuição de papéis, guarda-roupa, decorar e re-inventar as falas, etc.
 
Sendo uma das atividades lúdicas e culturais mais antigas mas que, por várias razões, não tem tido o desenvolvimento que devia. A título de exemplo, em Paris há, diariamente, mais de cem peças em exibição! Entre nós, o teatro debate-se com grandes problemas, apesar de termos excelentes dramaturgos e atores, encenadores e realizadores.
 
Entusiasmemos os nossos filhos a fazer, ver e ler teatro. Pode ser que, assim, as coisas se modifiquem para melhor.

1 comentário:

marta paixao disse...

A propósito do dia Mundial do Teatro deixo como sugestão a excelente peça "A PORTA", dirigida às crianças e em cena no Teatro Nacional D. Maria II.

Neste espectáculo, uma menina e os pais chegam, de malas feitas, a uma casa nova. Mas a casa não tem nem paredes, nem tecto, nem nada. Apenas uma porta. Só que não é uma porta vulgar. Ela abre para um mundo mágico onde vivem os novos vizinhos: o Grande Espinafre, a Bruxonauta, a Princesa Princesinha e o Xico Parafuso. Gente muito invulgar mas cheia de vontade de ajudar, embora nem sempre essas ajudas resultem da melhor maneira.
De um lado e do outro da porta, confrontam-se como dois espelhos a realidade que se mostra pouco real e a magia que alarga e ameniza o mundo. Entre ambos mundos, a casa vai crescendo como um espaço caloroso onde cabe a amizade, o amor e o sonho, ou seja, a grande aventura da vida.
Com um percurso dedicado à literatura para a infância e juventude (e não só), empenhado no incentivo à leitura, José Fanha assina uma história onde os valores do ser humano são protagonistas.

É de louvar também o trabalho do Teatro D. Maria II, cujas sessões desta peça, aos domingos, são com interpretação em língua gestual.

Com a qualidade e o rigor que caracterizam o TNDM, vale a pena levar os miúdos a ver esta peça!!