segunda-feira, 26 de março de 2012

espantos da Natureza


A Natureza é, de facto, superior, e vale a pena relembrá-lo nesta Primavera que ainda agora começou.
É um exemplar de arco-iris, digo, de Erythrura gouldiae.

domingo, 25 de março de 2012

mudança da hora

 
A mudança da hora tem, na maioria das pessoas, um efeito "anfetamínico" - chega-se a Janeiro, mesmo num ano como este, com sol a rodos, a suspirar pelo último domingo de Março e quando ele chega, dá vontade de "vir para a rua gritar". A maioria das crianças gosta dos dias compridos, e existem muitos argumentos, que legitimam os acérrimos defensores da "antiga Hora", em que a luz se prolongava até às dez da noite.
 
Sabe bem ter luz até tarde, ainda por cima coincidente com a melhoria do tempo. Apetece terminar o dia a passear ou numa esplanada ou parque.
 
Aproveitemos bem os fins-de-tarde como tempo "endorfínico", de família, de realização e calma. Não façamos deles, agora que o dia é maior, uma continuação do tormento do resto do dia, levando para casa o stresse da escola ou do trabalho. 

sábado, 24 de março de 2012

Dia Mundial do Estudante - hoje! E boas férias!!!!!


É pena... é sábado.
Mas talvez os estudantes, pelo menos a grande maioria deles, mereça descanso neste dia, já que estudam e trabalham muito durante a semana, com uma carga horária grande e ainda TPCs (felizmente, na nossa Escola os professores entendem isso e não sobrecarregam os alunos).

Ao contrário do que se canta por aí, "estudar não é parvoíce", mas o factor protector mais eficaz de todos. Estudar, às vezes, pode ser "uma seca", as matérias podem não ser entendidas ou consideradas inúteis para o "curto prazo" das crianças. Mas compete aos pais e professores admitirem isto, mas ao mesmo tempo explicar que, sem fundações, a casa irá abaixo ao mínimo sopro de vento.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água

Talvez o maior símbolo da Vida: morre-se sem ela, mais rápido do que na falta de outros elementos (excepto o oxigénio), serve para tudo, sabe bem, é bonita apesar de insípida, inodora e incolor. Em mares, oceanos, rios, fontes, lagos, albufeiras, riachos, torneiras, charcos, copos, tanques ou máquinas de roupa, garrafas, garrafões, reservatórios (incluindo nos automóveis)... (poderíamos continuar)... e em 70% de nós. Ou mais ainda, se formos menores de idade.

Água. Uma das primeiras questões, quando se explora um novo astro: haverá água? H2O. Tão simples e tão bom. Tão simples e tão bonito. Tão simples e tão essencial. Respeitemo-la e ensinemos os nossos filhos a respeitá-la, usando-a bem e não a desperdiçando!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Torneio de Basquetebol - dia 22 (ou 23)


No próximo dia 22 de Março irá decorrer nas instalações desportivas da Escola Dona Filipa de Lencastre, o Torneio Inter-Turmas de Basquetebol, durante a manhã.
O torneio será adiado para 6ª-feira dia 23, no caso da greve de 5ª-feira impedir a sua realização na data prevista.

começou (oficialmente) a Primavera!


Há escassos minutos começou oficialmente a Primavera, e a sua chegada é sempre aguardada com alguma ansiedade e interesse, não apenas pelas pessoas mas sobretudo pela Natureza.
Não é por acaso que os ingleses designam esta estação do ano por Spring, que também significa “pular, saltar, expandir”. É uma palavra que exprime bem o que se passa na Primavera - basta olhar para os animais ou para as plantas. E nós, como elementos preponderantes do mundo em que vivemos, não poderíamos estar afastados desse movimento natural.

Acabado o Inverno sempre julgamos (e bem) merecer a Primavera. Aproveitemo-la, com as suas temperaturas amenas, luz suave e tanta coisa bonita. Está nas nossas mãos fazer com que, mesmo vivendo num qualquer apartamento de um prédio de quinze andares nos arredores de uma grande cidade, os nosso horizontes sejam mais e mais saudáveis do que o écrã da televisão ou do computador, os corredores do hipermercado ou o trajecto rodoviário casa-trabalho-trabalho-casa.

terça-feira, 20 de março de 2012

Dia Mundial da Poesia - amanhã leitura nas aulas


Amanhã, Dia Mundial da Poesia, serão lidos vários poemas nas salas de aulas, designadamente de Matilde Rosa Araújo, que irá ser por nós homenageada em mais larga escala no 3º trimestre.

Pais: aproveitem a efeméride e leiam poemas com os vossos filhos, e peçam a eles para escolherem alguns para vos lerem.

segunda-feira, 19 de março de 2012

feliz Dia do Pai

(escultura de Edvard Viggeland)

Para os Pais que somos e seremos, para os Pais que temos e tivemos, e que não se esgotam nos nossos pais biológicos, mas em todos aqueles que nos serviram de modelos, nos impressionaram, nos estimularam.

Um feliz Dia do Pai, tentando aproveitar a ocasião para reflectir no modo como somos pais e se, eventualmente, não o poderemos ser (ainda) melhor.

quarta-feira, 14 de março de 2012

o Xadrez volta a atacar - convocam-se reis e rainhas!


Os cavalos voltam a saltar com grande entusiasmo e muita alegria, desta vez, na 1ª fase do Torneio de Xadrez Primavera 2012, que apura os 5 melhores jogadores de cada turma, para a Grande Final (inter-turmas), que decorrerá, no dia 19 Março 2012.

Participam nesta prova os seguintes clubes:

Diabólicos do Xadrez (3º D – Professora Isabel)
Cavaleiros do Xadrez (2º D – Professora Célia)
Xeque-Mates (2º B – Professora Celeste)
Esquecidos (4º A – Professora Jesus)
Kings of the Chess (4º B – Professor José)



A vontade de ganhar tem sido a tónica, pelo que os nossos jovens Atletas têm-se esforçado no tabuleiro com prestações, fortemente, competitivas. Paralela, só a vontade de aprender e de participar. E de se divertirem, também. Parabéns!

A cerimónia da entrega de prémios, para a qual se convidam os Pais, terá lugar, no dia 23 Março 2012. Não faltem!

segunda-feira, 12 de março de 2012

Interrupção letiva da Páscoa - ATENÇÃO

As Férias Escolares da Páscoa aproximam-se e mais uma vez, à semelhança dos anos anteriores, a Associação de Pais organizou um Programa de Atividades para a Interrupção letiva da Páscoa de 2012.


Nestas férias as Atividades de Tempos Livres funcionarão entre as 8h30m e as 18h30, com propostas diversificadas e de escolha livre. Os ateliers serão variados para dar resposta aos diferentes interesses das crianças: expressão plástica, origamis, construção de postais de Páscoa, culinária (folar da Páscoa) e também discoteca no dia 5 de Abril. Haverá também atividades desportivas.
No dia 27 de março, pelas 11:00h, iremos ao cinema no Campo Pequeno para visionarmos o filme Lomax, que estreará no próximo dia 22.

Dia 29 de março iremos ao Castelo de são Jorge, onde faremos a atividade "No Tempo de D. Afonso Henriques".
No dia 3 de abril, de manhã (para os alunos do 1º e 2º anos) e no dia 4 de abril, à tarde, (para os alunos do 3º e 4º anos), iremos ao Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal, em S. Pedro do Estoril.

Faremos também uma visita aos bastidores do Teatro Municipal Maria Matos, denominada "Dentro de Cena", zonas invisíveis ao público em geral são desvendadas nesta visita através dos testemunhos de quem nelas trabalha. Da plateia ao palco, passando pelos camarins e zonas técnicas, iremos conhecer como funciona o teatro.
Relembramos aos Pais a importância de, nos dias de passeio, as crianças trazerem chapéu e água.
Não serão permitidos aparelhos eletrónicos como consolas durante a interrupção letiva, exceto no dia 28 de março, onde decorrerá uma atividade com WIIs. Também não serão permitidos skates, patins e trotinetes.

Este Programa de Atividades realizar-se-á entre os dias 26 de março e 9 de abril, e terá os seguintes custos: Semana 1 (26-30 de março) – 35€, Semana 2 (2-5 de abril) – 20€, Dia 9 de abril – 2€
Recordamos que, para a frequência do Programa de Atividades é necessário ser associado da APEE (5€/ano) e estar inscrito na Componente de Apoio à Família (CAF) (25€/ano).
Para as crianças que não frequentam as atividades diárias da CAF haverá ainda uma comparticipação adicional relativa ao valor de ½ mensalidade, no valor de 15€.
De acordo com as normas de funcionamento do serviço de refeições do Agrupamento, todas as refeições deverão ser marcadas quando for efetivada a inscrição. Posteriormente, até ao dia 20 de março, deverá ser realizado o pagamento das refeições marcadas na Loja Escolar do Agrupamento. Relembramos que, tratando-se de interrupção letiva, o pagamento das refeições não poderá ser realizado com o Cartão Escolar e que a falta do pagamento antecipado das refeições implicará o não fornecimento das mesmas. Não é possível fazer desmarcação de refeições.
Informamos que as inscrições estão abertas até ao dia 19 de março nos serviços administrativos da APEE EB1 São João de Deus, entre as 17:30h e as 18:50h.

sábado, 10 de março de 2012

Estatuto do Aluno


(do Jornal Público de 7 de Março)

Com a revisão do Estatuto do Aluno, que será apresentado dia 21 de Março, o Ministério da Educação e da Ciência “não pretende fazer rupturas em relação ao que está em vigor, mas sim reforçar a autoridade dos professores e a responsabilização dos pais, com vista à resolução dos problemas de indisciplina e de assiduidade nas escolas”, concluiu a presidente da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE), no termo de uma reunião com o secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, Casanova de Almeida. Medidas com as quais a CNIPE concorda, "de forma genérica".
Maria José Viseu, dirigente da confederação, disse ao PÚBLICO que durante o encontro o governante “ouviu mais do que falou” e não chegou a explicitar através de que medidas, em concreto, pretende atingir os objectivos que defende. Mas frisou que, em termos "gerais", concorda com eles.

Em relação aos pais, disse, a confederação considera que "a escola deve garantir que aqueles têm todas as condições para exercer as suas responsabilidades e também que são ouvidos, no caso de haver problemas disciplinares". “Mas em último recurso, depois de esgotadas todas as alternativas, devem ser tomadas medidas mais severas, como a retenção de apoios sociais, se for o caso, ou a exigência de trabalho comunitário”, adianta.

Agradou à CNIPE a garantia do secretário de Estado de que “a proposta final, que vai ser apresentada dia 21 de Março, será consensual e resultará dos contributos de todas as partes envolvidas”. Na próxima semana, a CNIPE enviará os seus contributos por escrito.

Ainda hoje, o secretário de Estado recebe aos dirigentes da Confederação Nacional de Associações de Pais (Confap), que também são chamados a apresentar sugestões para a proposta do Governo, que depois seguirá para a Assembleia da República

sexta-feira, 9 de março de 2012

Bienal Internacional de Ilustração para a Infância

Gatos a navegar num guarda-chuva. Rãs fascinadas com o sol. Um morcego e um gato que são amigos. Bem-vindo ao fabuloso mundo da literatura infantil ilustrada, no qual o imaginário e as cores não têm limite. Muitas Ilustrações estão em exposição, numa mostra que reúne os trabalhos dos 50 artistas selecionados da V edição da Bienal Internacional de Ilustração para a Infância.

Até dia 8 de Abril, de 3.ª feira a domingo, das 10h às 18h.
Visitas guiadas, ateliês e marcações para escolas.
Entrada Livre
Local: Museu da Eletricidade - Av. Brasília, Central Tejo



quinta-feira, 8 de março de 2012

parabéns a todas as mulheres que trabalham na São João de Deus

para ler e meditar...

Os pequenos ópios do povo

por José Vítor Malheiros

Excerto de um texto publicado no jornal Público a 6 de Março de 2012

NOTA: só deixaremos os nossos filhos cair nestas, se quisermos. Temos todos os graus de liberdade para não os deixar. Assim sejamos coerentes e consistentes na educação deles.

A venda de cromos é uma espécie de rifa, onde o cliente não sabe o que compra e recebe um produto que resulta de um sorteio.

A grande moda dos últimos tempos entre os miúdos das escolas primárias portuguesas (e espanholas e italianas) é um álbum de cromos de uns superheróis quiméricos mutantes com uma agressividade patológica chamados Invizimals. “Invizimals” começou por ser um jogo da consola PlayStation, mas depois deu origem ao inevitável merchandising, dos quais os cromos são as estrelas. Mas os Invizimals são também um triunfo estrondoso do marketing, que continua a transformar ar em dinheiro graças a uma barragem de publicidade despudorada dirigida às crianças de mais tenra idade - que inclui oferecer a caderneta de cromos à porta das escolas. As crianças, devidamente acossados pela pressão dos pares, azucrinam depois a cabeça dos pais até estes lhes comprarem os ditos cromos. A adesão é viral: basta que uma criança compre para que o efeito de contágio seja imparável, a epidemia assegurada. E, uma vez começada a epopeia, o cliente fica cativo durante meses: os miúdos querem “acabar a colecção”.
A infecção tem a originalidade de ser cara, porque os cromos vêm em envelopes que se compram segundo o método duplamente cego: quem vende não sabe o que vem lá dentro, quem compra não sabe o que compra. Como os miúdos se divertem depois a trocar os cromos repetidos, a brincadeira pode não chegar a custar tanto como a prestação da hipoteca. Cada caderneta fica mais cara do que o livro mais caro lá de casa, mas quase que não se dá por isso porque tudo acontece aos poucos e os miúdos gostam.
É uma exploração abusiva da ingenuidade e da inumeracia de muitos compradores que a caderneta não contenha claramente escarrapachado o custo mínimo do seu preenchimento. Claro que tudo depende do número de cromos repetidos que aparecem nos envelopes, mas esse é um factor que os clientes não têm nenhuma forma de controlar e que a editora (a famosa Panini, com uma facturação de centenas de milhões de euros por ano) pode manipular livremente. Mas, mesmo sem poder prever o custo exacto para cada comprador, há pelo menos um custo mínimo, que é o custo da aquisição da totalidade dos cromos se nunca aparecesse nenhum repetido - uma impossibilidade estatística. Mesmo este custo, porém, é avultadíssimo (50 euros, 80 euros), e constituiria uma surpresa para muitos compradores. A informação deveria ser de afixação obrigatória nas cadernetas e nos envelopes, para evitar a exploração dos incautos que o negócio dos cromos se tornou.
Por outro lado, sendo a editora livre de incluir nos seus envelopes os cromos que quiser, nada a impede de adiar estrategicamente a inclusão de certos cromos, de forma a forçar a compra de envelopes para além do que seria a simples consequência da lei das probabilidades.
A venda de envelopes de cromos é, de facto, uma espécie de rifa, onde o cliente paga sem saber o que compra e recebe um produto que resulta de um sorteio. Não existe nenhum diferença de fundo entre isto e um jogo de azar - a não ser o facto de estes serem regulados e fiscalizados e de a Panini poder agir sem quaisquer entraves.

terça-feira, 6 de março de 2012

A nossa Escola já faz Campeões

Nos Campeonatos Distritais de Lisboa de Xadrez - Jovens 2012 - a Camila Avelino foi campeã dos Sub 08- Ela, os pais e a Escola estão de Parabéns, bem como o Professor Luís.
Depois das aulas de Xadrez do 1º período, alguns alunos da nossa escola quiseram continuar a sua aprendizagem com o nosso professor, nas instalações do Grupo Dramático Ramiro José.

Oito Atletas da nossa escola participaram, a nível oficial, no passado fim-de-semana, nos Campeonatos de Lisboa, organizados pela Associação de Xadrez de Lisboa, e obtiveram excelentes resultados.

O destaque, naturalmente, vai para a obtenção do título de campeã feminina no escalão Sub_08 da Camila Avelino, aluna do 2º C, da profª Manuela Barbosa.

Para além dos resultados, queremos destacar, o enorme entusiasmo e prazer que os nossos jovens têm na prática do xadrez que, como sabemos, é uma excelente ferramenta para o desenvolvimento das faculdades das nossas crianças.

Por trás dos nossos “heróis” (não podemos esquecer que só muito recentemente começaram a jogar e já defrontaram alguns jogadores que têm anos de experiência e competição) não podemos deixar de realçar o importante papel dos pais e da escola.

Para todos os nossos parabéns.




segunda-feira, 5 de março de 2012

ensinar a música, fruir a música, viver a música


Ao contrário das artes plásticas, a música não deixa uma marca numa pedra, numa tela ou no barro. Esta "volatilidade" da Arte perfeita, é uma das suas características mas, talvez por isso, a associamos sempre a pessoas, a instrumentos, a partituras, palcos e concertos, ou seja, a objectos e a humanos.

A emoção estética que a música provoca (ou não), depende assim dos intermediários - a pensar, neste momento, em programas televisivos que fazem as delícias dos nossos filhos, como "Os Ídolos" ou "A tua cara não me é estranha", vemos como o criador (compositor) precisa, sem hipóteses de fugir a isso, de um objecto (instrumento) e de uma pessoa (o intérprete) para dar corpo à obra.

Sendo a música, repetimos, a Arte perfeita, é bom pensar em mostrar música e espectáculos, de todos os tipos, dar a conhecer os instrumentos, levar as crianças a concertos (mesmo que adormeçam a meio) e mostrar a possibilidade de diferentes versões da mesma partitura ou canção. O mesmo se passa com a dança.

Gestos, corpos, vestuários, espaços e gestão de espaços, línguas e linguagens, tanta coisa. A música é a vida - e quem passa ao lado dela falhará, decerto, uma vida mais realizada e mais feliz.

PS: e por isso temos de chamar a atenção aos nossos filhos para a importância das aulas de música e para o que lá se ensina, exigindo respeito pela Arte e vontade de aprender a senti-la. O facto de ser um espaço lúdico não pode ser um espaço para malcriação, balda ou menorização dos conteúdos.