segunda-feira, 24 de agosto de 2009

a Nossa Escola - 2


Como vem descrito no artº 3º do Regulamento Interno que enquadra o funcionamento das três escolas do agrupamento, a missão e os princípios orientadores que pautam a acção de toda a comunidade educativa que directa e indirectamente contribui para o funcionamento das actividade, visa acima de tudo:

a) promoção do sucesso escolar dos alunos, da equidade social e da qualidade do serviço público de educação prestado;
b) primado dos critérios de natureza pedagógica e científica sobre os critérios de natureza administrativa;
c) democraticidade e participação de todos os intervenientes no processo educativo; assegurando a representatividade nos órgãos de direcção, administração e gestão do Agrupamento;
(…)



Calendário escolar

Áreas disciplinares e não disciplinares {funcionamento entre as 8.30h e as 17.30h}

1.º Período Início Entre 10 e 15 de Setembro Termo 18 de Dezembro
2.º Período Início 4 de Janeiro Termo 26 de Março
3.º Período Início 12 de Abril Termo 18 de Junho.


Actividades desenvolvidas na escola no âmbito da Componente de apoio à família

- no período lectivo antes assinalado:
das 17.30 às 19.00, com possibilidade de prolongamento.

- Interrupções Lectivas {funcionamento das 8.30h às 18.30h}:

Setembro: entre o dia 1 e 11 de Setembro
Natal: entre 21 e 23 de Dezembro e 28 e 30 de Dezembro.
Páscoa: entre 29 de Março e 9 de Abril
Verão: entre 21 de Junho e 31 de Julho.


Outras informações
Na nossa Escola, as aulas têm início à 9.00 da manhã, depois de um espaço de recreio onde as crianças tiveram oportunidade de actualizar conversas e trocar brincadeiras.

É muito importante que mal soe o toque da manhã, todos se coloquem alinhados junto à porta da sala, aguardando a entrada do/a Professor/a.

Pais: façam um esforço para garantir que os vossos filhos se apresentam na Escola antes de tocar a campainha: o atraso de uma criança não perturba apenas o próprio, como todo o agrupamento de alunos da sua turma.

De acordo com o projecto proposto pela Associação de Pais para organização das Actividades de Enriquecimento Curricular {AEC} serão implementadas no horários das 15.30h às 17.30h. Incluem-se aqui a iniciação ao Inglês, o Desporto e Educação Física, e a Música e Expressões, acrescidos do Apoio ao Estudo que é assegurado pelo/a Professor/a de turma.

Brevemente iremos dar conta aos dos conteúdos programáticos e estrutura organizativa que enquadra o funcionamento destas actividades, bem como das que são implementadas no âmbito das CAF.

Mantenham-se atentos! E colaborem no Blogue!

Rosário Mauritti

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Atenção, Pais - ATL nos primeiros dias de Setembro

Para os Pais que ainda não procederam à inscrição no ATL nos primeiros dias de Setembro, e pretendem beneficiar do ATL em referência, sublinhamos a necessidade de o fazerem o mais breve possível, pois precisamos de informar com a maior urgência os serviços de refeitório sobre o número de crianças que irão estar na escola.

A DIRECÇÃO

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Queres vir trabalhar na Nossa Escola?

Procuramos pessoas criativas para formar um corpo dinâmico de professores para as Actividades Extra Curriculares.

Se as tuas habilitações correspondem ao previsto no Despacho n.º 14460/2008 do Ministério da Educação, envia o teu C.V. para apee.lisboa@gmail.com, se não correspondem...... Encaminha esta oferta para os teus AMIGOS que possam estar interessados.


Obrigado!!!

Alípio Codinha

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

a Nossa Escola - 1

Vamos dar conta, em várias Entradas para não vos cansar, de alguns aspectos relativos ao funcionamento da NOSSA Escola


A Nossa Escola está integrada no Agrupa-
mento Vertical de Escolas Dona Filipa de Lencastre, que no presente ano lectivo 2009/2010, reúne três pólos escolares:

- Jardim de Infância António José de Almeida
- Escola Básica do 1.º Ciclo São João de Deus
- Escola Secundária/2+3 Dona Filipa de Lencastre.

Este ano a NOSSA escola vai acolher cerca de 370 alunos, distribuídos por 15 turmas.

A coordenadora de escola (sem turma atribuída) é a professora Ascensão Rodrigues. A coordenadora do Departamento do 1.º ciclo e representante dos professores no Conselho pedagógico é a professora Manuela Barbosa (também sem turma atribuída).

Todos os alunos com necessidades educativas especiais têm um acompanhamento reforçado por professores da Educação Especial.

Para lá destas situações, qualquer criança que num dado momento manifeste dificuldades de aprendizagem numa das áreas disciplinares, pode ser envolvida, com consentimento dos pais, num plano de recuperação personalizado, trabalhado pelo professor titular da turma com o objectivo de apoiar a recuperação de aprendizagens para um nível semelhante aos dos seus colegas de turma.

A escola conta nos seus quadros apenas com quatro funcionários. auxiliares de acção educativa Uma situação que nos preocupa e que queremos ver alterada, pois é manifestamente insuficiente para acompanhamento adequado do conjunto de alunos.

domingo, 2 de agosto de 2009

tempo de férias


Maria Eva - Perfect day at beach

Chegou Agosto - mês de férias, ou de preparação para o próximo ano lectivo.
As férias devem ser um intervalo em que se interrompam os ritmos e as pequenas "ditaduras" do dia-a-dia. É bom que, para crianças e adultos, as férias não sejam uma repetição da rotina, porque é essa mudança que faz descansar e que permite fazer a síntese do ano que passou, além de experimentar sensações diferentes e estados de alma novos. Deixem-nas, pois, descansar, dormir, mudar de ritmos, torpedear algumas rotinas.


As férias devem ser também um espaço descontraído, que podemos aproveitar para estar com os nossos filhos e conhecê-los melhor (e vice-versa) - não andamos sempre a queixarmo-nos de não ter tempo para eles - e, conforme as idades, variar as actividades para não ficar só pregado à praia ou à piscina: leitura, descanso, visitas culturais (mesmo que seja uma "seca" - depois eles gostam), brincadeira, quebra de ritmos (deitar mais tarde, facilitar refeições) e sacrificar algumas coisas em prol das crianças.

Hans Paus - Long Beach


E se é bom as férias serem passadas com os pais, é importante haver, quando possível, um período de férias “sozinhos” (por exemplo, em colónias) ou com os avós ou outros familiares. Gera descanso para todoos, os filhos sentem-se bem e os pais também precisam de momentos para "regar" a sua relação conjugal e não apenas viver a relação parental. Muitos pais boicotam a autonomia dos filhos, e gera-se um círculo vicioso um bocado claustrofóbico...

As amas ou babysitters podem ajudar, especialmente com muitas crianças e de pouca idade, mas não devem substituir a interacção com os pais, especialmente naquilo que eles não fazem durante o ano ou fazem menos, como brincar, passear, mostrar coisas, estar disponível, ter tempo sem o relógio a mandar na vida da família.

Sally Caldwell-Fisher - Beach



Tempo de férias deve ser tempo de corte com o estilo de vida dos outros onze meses. E é para redimensionar as relações parentais, filiais, de amizade, sociais, de forma a complementar o Eu que somos, e que necessita de ver as diversas facetas da vida relacional.


Mário Cordeiro